Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Dicas e Dicas’ Category

brigadeiro gourmet

Você sabe porque um brigadeiro pode ser chamado de gourmet? Ou o que é um brigadeiro belga? Um dia desses, já que estava meio folgada, fui fazer um curso rápido de brigadeiros gourmet. Não que eu não soubesse fazer brigadeiros, mas tudo que é gourmet chama minha atenção e eu queria saber o que havia de tão diferente do brigadeiro convencional.

Como eu imaginava, um brigadeiro gourmet não leva chocolate em pó, muito menos achocolatado! E é isso que faz ele ser gourmet. O chocolate utilizado na receita é sempre um chocolate mais nobre, em barra ou em gotas. Veja, não estamos falando daquelas barrinhas de supermercado, hein! Eu disse nobre.

Nem preciso falar, mas vou falar, que não vale a pena usar um leite condensado de má qualidade junto com um chocolate de ótima qualidade. Certo?

Vale dizer, que nem todo brigadeiro gourmet é belga, mas todo brigadeiro belga pode ser considerado gourmet. Um brigadeiro belga obrigatoriamente é feito com chocolate belga, que é um dos mais nobres e caros do mercado. Já o chocolate gourmet, é feito com chocolate de ótima qualidade, mas pode não ser belga.

Vou confessar. Eu só faço brigadeiro de colher ou de copinho, não tenho paciência para ficar fazendo bolinhas e bolinhas… Além do que, eu sou perfeccionista demais e quero que todas as bolinhas fiquem iguais e super redondinhas, daí elas ficam meio quadradas ou em forma de pião (veja foto)! Pode rir! Mas é assim mesmo.

Logo escrevo umas receitinhas bem delícia de brigadeiro gourmet e belga pra vocês que aprendi no curso!

(foto: eugourmet)

Anúncios

Read Full Post »

DSC_7320

Flor de sal é o nome que se dá aos primeiros cristais de sal retirados de finas películas que se formam na superfície da água das salinas e nunca tocam o fundo do mar. A flor de sal é uma fonte rica e natural de ferro, zinco, magnésio, iodo, flúor, sódio, cálcio, potássio e cobre, e, por não sofrer processo de refino, é considera mais adequada à nossa saúde do que o sal comum.

A flor de sal é muito mais saborosa do que o sal refinado, mas também é bem mais cara. Por isso, não é recomendado que ela seja usada para temperar alimentos que serão cozidos, pois dessa forma perde toda a sua crocancia, que é seu charme principal. Ela pode ser usada para temperar saladas, antepastos, brusquetas, etc., tomando sempre o cuidado de não exagerar, já que seu sabor é bem mais concentrado do que o do sal comum.

Para ler mais sobre sal clique aqui.

(foto: eugourmet)

Read Full Post »

mirepoix

Mirepoix (pronuncia-se mirepoá), é tradicionalmente utilizado para fazer fundos, ou caldos, “camas” para assados e o que mais você quiser fazer, porque aqui o gourmet é você, certo?

Nada mais é do que a mistura de cebolas, salsão e cenouras, cortados em cubos e em proporções bem definidas. A medida exata para um mirepoix equilibrado é de duas medidas de cebola, para uma de salsão e uma de cenoura.

Então, quando você pegar uma receita que peça 400 g de mirepoix, não mude de página! É só juntar 200 g de cebola picada, com 100 g de salsão picado e 100 g de cenoura picada. Fácil!

No caso de assados, você mistura tudo e espalha no fundo da assadeira (pode até regar com vinho), e acomodar a carne, frango, cordeiro, etc…por cima, assim o assado não queima por baixo e pega o sabor dos legumes. Ao final do cozimento, sobram os legumes super cozidos e às vezes até meio “feiosos”, mas com o sabor da carne. A partir daí, você pode fazer um molho daqueles! Coloque a assadeira diretamente na chama do fogão e coloque um pouco de algum líquido, água ou vinho, vai mexendo até sair aquela “sugeirinha” saborosíssima que pode render um molho delicioso para o seu assado. É só coar e separar os legumes para aproveitar depois, se quiser.

Já no caso de caldos, você adiciona 2 litros de água e cozinha por 2 horas, depois utiliza somente a água para dar sabor a molhos, cremes, consommés, etc. Já usei os legumes cozidos que sobram para fazer sopas, bem batidos no liquidificador e acrescidos de carne desfiada, fazem o maior sucesso! Nada se perde.

Use sempre tudo bem lavadinho, o salsão sem as folhas e a cenoura sem a casca.

Read Full Post »

DSC_6713

A cebola sempre foi um ingrediente muito presente na minha cozinha. Desde cedo ensinei as crianças a gostarem de tudo, hoje comem cebola crua na salada, no tabule, bife acebolado, cebola assada, cebolinha em conserva e outras que aparecerem!

Aprendi essa dica há pouco tempo e estou usando muito pois ajuda a deixar a cebola com sabor mais suave e não tão predominante, eu utilizo somente para preparações onde a cebola é degustada crua como em saladas e entradas.

Basta dar uma enxaguada rápida na cebola na água comum (já cortada ou picada) e depois colocar para descansar numa água com gás gelada por pelo menos uns 10 minutos, pode ficar por esse tempo na geladeira também desde que o recipiente tenha tampa para não ficar cheiro na geladeira. Depois é só escorrer numa peneira e usar no seu preparo. Experimenta aí! Aqui deu certo!

Se você também gosta de cebolas veja também uma dica para não chorar ao cortá-las e alguns tipos de cebolas.

(foto: eugourmet)

Read Full Post »

daily recipe

Esse é um site que eu indico para quem gosta de receitinhas criativas e diferentes, ele traz dicas e fotos lindas, mas tudo em inglês. Nada que não se resolva com um bom dicionário para quem não domina o idioma! Você pode se cadastrar para receber o que chamam de “daily recipe” no seu e-mail, são várias no mês, muito interessante!

visite:www.recipe.com

Até mais, Marcia.

Read Full Post »

DSC_6328

Tenho que confessar que sou “tarada” por potes e garrafas de vidro e, enquanto ainda tenho espaço em casa para guardar, vou colecionando e colecionando. Às vezes compro produtos, geléias e compotas, só por causa do potinho. Pode rir! Eu sou a prova viva de que de gourmet e louco todo mundo tem pouco!

A verdade é que eu já fico imaginando como posso aproveitar o pote depois que estiver vazio, compor arranjos e até servir sobremesas inusitadas. É lógico que guardo todos eles bem limpos e de forma organizada, não sou acumuladora de lixo tá! E essas florezinha colhi numa árvore de calçada enquanto buscava minha filha na natação. Simples e carinhoso para servir uma pessoa especial!

Read Full Post »

COMO CORTAR CEBOLAS SEM CHORAR?

Durante muito tempo corri atrás de uma resposta. Acho que agora encontrei!

Testei de tudo: deixar a cebola na água gelada antes de cortar, cortar a cebola debaixo d´água (a cebola, não eu!), colocar palito de fósforo na boca enquanto corta (apagado é claro), ligar o ventilador virado para a cebola, cortar de olhos meio fechados (sem cortar o dedo, difícil!), só não testei o óculos de natação e de mergulho, pois achei meio ridículo e se você estiver com visitas na cozinha vira uma palhaçada!

O que faz a gente chorar são os gases que a cebola libera na hora em que alguém passa a faca nela. Em contato com a umidade dos olhos, eles reagem e formam um ácido que irrita o globo ocular. Aí, para se defender do incômodo, o organismo contra-ataca, produzindo um rio de lágrimas. Se fosse só as lágrimas até daria pra deixar pra lá, mas o probléma é que arde pra caramba!

Então testei mais uma dica que vi num livro de gastronomia e sabe que funcionou! É o seguinte: sempre que for cortar cebolas, posicione a tábua bem perto do fogão e deixe uma chama acesa, enquanto você corta a cebola a chama queima os gases liberados e evita que eles se espalhem e façam arder os olhos. Comigo funcionou, testa aí!

Veja também dica sobre alguns tipos de cebolas e como deixar o sabor da cebola mais suave.

(foto: eugourmet)

Read Full Post »

Older Posts »