Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘brigadeiro gourmet’

brigadeiro gourmet

Você sabe porque um brigadeiro pode ser chamado de gourmet? Ou o que é um brigadeiro belga? Um dia desses, já que estava meio folgada, fui fazer um curso rápido de brigadeiros gourmet. Não que eu não soubesse fazer brigadeiros, mas tudo que é gourmet chama minha atenção e eu queria saber o que havia de tão diferente do brigadeiro convencional.

Como eu imaginava, um brigadeiro gourmet não leva chocolate em pó, muito menos achocolatado! E é isso que faz ele ser gourmet. O chocolate utilizado na receita é sempre um chocolate mais nobre, em barra ou em gotas. Veja, não estamos falando daquelas barrinhas de supermercado, hein! Eu disse nobre.

Nem preciso falar, mas vou falar, que não vale a pena usar um leite condensado de má qualidade junto com um chocolate de ótima qualidade. Certo?

Vale dizer, que nem todo brigadeiro gourmet é belga, mas todo brigadeiro belga pode ser considerado gourmet. Um brigadeiro belga obrigatoriamente é feito com chocolate belga, que é um dos mais nobres e caros do mercado. Já o chocolate gourmet, é feito com chocolate de ótima qualidade, mas pode não ser belga.

Vou confessar. Eu só faço brigadeiro de colher ou de copinho, não tenho paciência para ficar fazendo bolinhas e bolinhas… Além do que, eu sou perfeccionista demais e quero que todas as bolinhas fiquem iguais e super redondinhas, daí elas ficam meio quadradas ou em forma de pião (veja foto)! Pode rir! Mas é assim mesmo.

Logo escrevo umas receitinhas bem delícia de brigadeiro gourmet e belga pra vocês que aprendi no curso!

(foto: eugourmet)

Anúncios

Read Full Post »

brigadeiro belga

Se você precisa fazer uma sobremesa pra agradar todo mundo, adultos e crianças, aposte em um brigadeiro numa versão mais gourmet, dê um toque de charme na apresentação e arrase!

Ingredientes

400 g de leite condensado moça

300 g de creme de leite frimesa

150 g de chocolate belga 54% cacau

30 g de cacau em pó peneirado

 

Olha, eu não costumo falar da marcas dos ingredientes que eu uso nas receitas, mas neste caso não teve jeito. Até hoje não encontrei um leite condensando tão bom quanto o Moça e também não acho que valha a pela usar chocolate belga numa receita e economizar no leite condensado…entende né!!! O creme de leite da Frimesa tem 20% de gordura na sua composição e, por isso, você não precisa usar manteiga na receita. O chocolate belga pode ser da marca que você encontrar na sua cidade, mas tem que ser belga mesmo, ok? Da belgica. Eu uso da marca Callebaut em gotas (callets).

Escolha uma panela grossa e uma espatula de silicone própria para o calor do fogo. Se o chocolate estiver em barra, corte bem antes de usar. Misture o leite condensado, o creme de leite e o cacau até ficar bem homogêneo e só depois coloque o chocolate belga. Misture tudo e leve ao fogo sempre no minimo para não queimar. Com a espatula, percorra toda a panela para evitar que algumas quinas fiquem grudando. Cozinhe até o ponto desejado, lembrando que depois de frio vai ficar mais duro.

Eu gosto muito de servir em copinhos de cachaça para ficar bem charmoso, então tiro do fogo ainda meio molinho. Se você for enrolar, deve esperar desgrudar do fundo da panela. Com cuidado, tombe um pouco a panela e veja a massa desgrudar sozinha do fundo, deixe esfriar completamente e só depois enrole. Passe pelo confeito da sua preferência. Um bom confeito, de preferência belga, para não depreciar seu doce.

Dessa vez eu coloquei um morango em cada copinho para decorar porque a época favorece, mas você pode usar uva sem semente, cereja, nozes, um damasco inteiro, etc. Se você for fã de chocolate bem amargo pode usar chocolate belga 70% e vai ficar muito bom também, só não vai agradar crianças. Ah, não encha demais os copinhos, sua visita pode repetir se quiser!

(foto: eugourmet)

Read Full Post »