Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for the ‘Massas’ Category

DSC_6407

Essa receita tem esse nome porque é o prato mais prático que a minha mãe encontrou para fazer para as crianças quando é pega desprevenida e a fome está pegando! Dei uma incrementada só no uso do bacon que ela geralmente não usa e você também pode fazer sem ele se não o tiver na geladeira. Então vamos à receita!

Ingredientes

200 g de bacon fatiado fino

250 g de linguiça calabresa bem picadinha (retire a pele)

1 cebola grande bem picadinha

2 dentes de alho amassados ou triturados

2 cenouras médias raladas (ralo grosso)

1 envelope de caldo de legumes em pó

2 colheres de azeite

500 g de macarrão parafuso (ou penne)

Salsinha picada e sal

Pegue uma frigideira antiaderente grande e coloque para aquecer por alguns minutos. Coloque as fatias de bacon uma ao lado da outra e deixe dourar em sua própria gordura, vire e doure do outro lado. Coloque em papel absorvente por 1 minuto e retire do papel para continuar crocante. Repita até que todas as fatias estejam prontas. Reserve.

Coloque 2 litros de água numa panela para ferver. Quando estiver fervente, acrescente 1 colher de sobremesa de sal e coloque a massa para cozinhar (veja dica). Enquanto isso prepare o tempero.

Na gordura que soltou do bacon, frite a linguiça picada até dourar e depois junte a cebola até ficar transparente. Então, junte o alho e frite mais um pouco, coloque a cenoura ralada e misture bem. Por último coloque o caldo de legumes dissolvido em 1 xícara de água e o azeite. Se o bacon que você usou estiver mais gordo e soltar muita gordura, dispense o azeite. Se não for usar bacon, frite a linguiça em 4 colheres de azeite no início do preparo.

Prove o sal e acerte se necessário. Desligue e aguarde o cozimento da massa. Assim que estiver no ponto, escorra e junte com o tempero misturando bem. Decore com salsinha e com o bacon crocante. Delícia!

Dica: bacon e calabresa são dois ingredientes com validade grande e que quebram o maior galho quando é preciso inventar alguma coisa de última hora. Mas cuidado com a saúde, não exagere!

(foto: eugourmet)

Anúncios

Read Full Post »

Ingredientes

300 g de espaguete integral (opcional)

2 dentes de alho bem picados

3 colheres de azeite de boa qualidade

2 latas de tomates pelados

200 g de mussarelinhas de búfala

1 envelope de caldo de legumes

1 colher (sobremesa) de vinagre de boa qualidade

1/2 xícara de folhas de manjericão lavadas

Água, sal e pimenta branca

Cozinhe o espaguete enquanto prepara o molho (veja dica). Retire os tomates das latas e reserve o caldo. Corte grosseiramente os tomates retirando o bico mais duro e reserve também. Numa panela de fundo largo, doure levemente o alho no azeite cuidando para não queimar. Acrescente o caldo e os tomates picados, depois o vinagre para equilibrar o adocicado do tomate. Acrescente uma medida da lata de água e deixe ferver por 2 minutos, em seguida adicione o caldo de legumes, mexa bem e prove. Adicione pimenta branca, de preferência moída na hora, e acerte o sal se necessário. Deixe cozinhar por 10 minutos em fogo baixo.

Se nesse momento o espaguete ainda não estiver ao dente, desligue o molho e aguarde. Assim que a massa estiver pronta, reacenda o fogo do molho e separe uma xícara deste molho para dar o toque final. Quando começar a borbulhar acrescente o espaguete, misture bem e só então desligue o fogo. Misture as folhas de manjericão e as mussarelinhas cortadas ao meio. Se as folhas de manjericão forem grandes, também podem ser cortadas.

Acomode tudo na travessa em que vai servir e despeje o molho que está reservado para o final por cima. Use folhas de manjericão para decorar. O espaguete integral foi uma opção nesse dia, mas você pode utilizar a massa de sua preferência. 300 g de massa servem em média 4 ou 5 pessoas, vai depender do tamanho da fome. Fácil e rápido, não é mesmo?

Read Full Post »

O Macarrão Grano Duro é chamado assim porque é elaborado a partir de um trigo especial chamado trigo durum. O trigo durum tem elevado teor de glúten e baixo teor de amido, por isso as massas grano duro ficam mais soltinhas e a água do cozimento não tem aparência esbranquiçada como nas massas comuns (com mais amido). O macarrão fica naturalmente al dente, ideal para boa mastigação.

As massas de grano duro, nacionais ou importadas, geralmente são um pouco mais caras. A farinha é importada, pois as condições de solo e clima no Brasil não permitem o cultivo desse tipo de trigo mais duro.

Read Full Post »

Sabe aqueles dias que não tem nada para o jantar, você olha na geladeira e precisa fazer uma mágica e preparar alguma coisa, ontem foi um dia desses na minha casa. Ouço muita gente dizer que quando está com pressa, ou até com preguiça, acaba fazendo macarrão, pois é rápido e fácil. No meu caso, nem que eu quisesse conseguiria fazer outra coisa, mas ser fácil e rápido ajudou muito.

Ingredientes

250 de massa grano duro (espaguete, linguine)

2 colheres de azeite

280 g de lingüiça cozida fininha

1 xícara de aspargos frescos cortados

2 xícaras de cenouras desfiadas (ou raladas)

2 dentes de alho bem picados

1 envelope de caldo de legumes em pó

Sal

Corte a lingüiça em rodelinhas. Aqueça o azeite numa panela e refogue a lingüiça até ficar corada, não é necessário fritar muito se a lingüiça já é cozida ou defumada. Acrescente os aspargos picados (na hora de cortar, descarte a base mais dura do talo) e refogue um pouco. Coloque o alho e continue refogando até que não esteja mais parecendo cru, depois erga o fogo no máximo e coloque a cenoura e mexa bem sem deixar refogar muito. Não deixe a cenoura “cozinhar” para que fique crocante. Por último acrescente o caldo de legumes dissolvido em 1/2 xícara de água. Deixe borbulhar e mexa para que o caldo se misture bem ao preparo. Acerte o sal, se necessário.

Ainda em fogo alto, cuidando para não queimar, incorpore a massa cozida ao dente (veja dica) e sirva em seguida (4 pessoas). Desculpem pela foto um pouco escura, mas a fome do pessoal daqui de casa era tanta que mal deu tempo de fotografar. Bom apetite!

Dica: o aspargo é só um coadjuvante. Se você não tiver em casa, faça só com a lingüiça e a cenoura que também fica muito bom e você pode salpicar salsa ou cebolinha para ficar mais verdinho. Ah! Essas lingüiçinhas sempre na geladeira quebram muito galho na hora do apuro!

Read Full Post »

 

Ingredientes

500 g de carne magra de boi moída

500 g de lombo suíno moído

1 envelope de creme de cebola (sopa)

1 colher de chá de ervas de provance (ou ervas finas se preferir)

1/2 colher (café) de páprica picante

40 ml de vinho tinto seco

2 latas de tomates pelados

Farinha de trigo

Azeite

Sal

 

Numa tigela funda, coloque as carnes moídas, o creme de cebola, as ervas e a páprica picante. Misture tudo com uma colher ou com as mãos, até que fique bem homogêneo. Faça bolinhas pequenas e vá reservando em outro recipiente, não faça bolinhas grandes e tente enrolar de forma que fiquem mais ou menos do mesmo tamanho para ficar bonito, use uma colher de sobremesa como de medida se necessário. Depois de todas as polpetines prontas, vá passando na farinha e reservando numa assadeira para ir caindo o excesso da farinha.

Numa panela de fundo largo (aprox. 30 cm de diâmetro), coloque somente o suficiente para refogar as polpetines, elas não devem ficar imersas no azeite, será um desperdício, pois você terá que descartá-lo depois. É melhor ir acrescentando aos poucos se necessário.

Frite as polpetines dos dois lados somente para dourar em fogo médio, elas não devem ficar cascudas. Vá retirando e reservando enquanto frita as demais. Se sua panela for do tamanho da minha (30 cm) vai fritar em duas vezes. Assim que estivem todas fritas, retire o excesso de óleo, se for o caso, e devolva todas as polpetines na panela e aumente o fogo para aquecer. Acrescente o vinho ainda com o fogo alto para evaporar o álcool. Deixe por 1 minuto e acrescente os tomates pelados grosseiramente picados com o caldo e uma medida da lata de água. Misture bem e deixe cozinhar em fogo médio por 15 minutos. Acerte o sal do molho e está pronto.

Você pode comer do jeito que quiser, mas acompanhado de uma massa é a melhor forma, na minha opinião. Dessa vez fiz com nhoque de batata, mas com espaguete fica ótimo. Prefira massas longas como o espaguete, talharim, linguine ou papardelle.

Para ficar ainda mais gostoso, retire as polpetines da panela e um pouco do molho (1/3) e reserve tampado para não esfriar. Então, coloque a massa já cozida nesta panela com molho restante e deixe ferver por 1 minuto para o molho incorporar melhor (veja dica do cozimento da massa). Coloque a massa numa travessa e as polpetines com molho por cima para ficar bem bonito e apetitoso. Decore com alguma erva verdinha como salsa, tomilho ou manjericão.

Salivou? Então experimente! Dá um pouquinho de trabalho fazer as bolinhas, mas é uma receita ótima para fazer a dois.

Dica: abrir uma garrafa de vinho tinto só para fazer uma receita parece abuso, certo? Então, quando você servir um vinho para um convidado e sobrar um pouquinho na garrafa, não o jogue fora. Mantenha na geladeira. Talvez ele não fique uma delícia para beber, mas para cozinhar ele serve muito bem. Não compre vinhos de baixa qualidade para deixar só para cozinhar, pode comprometer a receita.

Read Full Post »

Ingredientes

500 g de linguini grano duro

5 dentes de alho bem picadinhos

1/2 xícara de azeite (ou óleo se preferir)

1 xícara de tomates secos em tiras

1/2 xícara do óleo dos tomates secos

3 xícaras de brócolis (lavado e cortado em flores pequenas)

2 caldos de legumes em pó dissolvidos em 100 ml de água

Sal a gosto

Cozinhe a massa ao dente (veja dica de cozimento de massas). Tenha todos os ingredientes à mão e enquanto cozinha a massa prepare o molho. Aqueça o azeite numa panela ou frigideira de fundo largo e frite o alho até dourar ficando de olho para não queimar. Em seguida frite o brócolis até que fique ao dente, mantenha o fogo médio e não deixe ficar mole demais. Acrescente então os tomates secos cortados e o óleo dos tomates secos, aumente o fogo e deixe fritar um pouco.

Por último, acrescente o caldo de legumes dissolvido e deixe ferver por 2 minutos. Se a massa ainda não estiver cozida, desligue o fogo e deixe sem tampa para não amolecer o brócolis. Assim que a massa estiver pronta, aqueça o molho até borbulhar e coloque a massa no molho. Deixe o fogo ligado por mais 1 minuto mexendo bem, desligue e sirva. Eu não costumo usar parmesão ralado com esse prato, mas você pode usar se quiser.

Read Full Post »

Hoje vou dar uma dica legal para sua macarronada ficar mais saborosa que aprendi numa aula de culinária. Você vai juntar a dica anterior sobre o cozimento da massa com essa dica e vai ver o quanto uma pequena mudança faz diferença.

Embora fique lindo, colocar a massa cozida na travessa e depois o molho por cima não deixa o prato mais saboroso. A dica é: antes de desligar o molho, retire 2 conchas dele e reserve. Enquanto ainda está fervendo, despeje a massa cozida dentro do molho e misture bem, deixe por mais 1 ou 2 minutos e desligue o fogo. Você vai perceber que a massa incorpora melhor o molho e fica muito mais gostoso. Então coloque o molho que você reservou por cima e decore com ervas, parmesão ou como é do seu costume.

ENTÃO NÃO SE ESQUEÇA:  É MASSA NO MOLHO, E NÃO MOLHO NA MASSA!

Read Full Post »

Older Posts »